Sistema Nervoso

O sistema nervoso é uma rede de comunicações que controla e coordena os músculos, órgãos e funções sensoriais que ocorrem dentro do nosso corpo.

O sistema nervoso tem duas partes principais:

O sistema nervoso central (SNC), constituído pelo cérebro e medula espinhal.

O sistema nervoso periférico (SNP), que consiste na rede de nervos que se ramificam para fora a partir do cérebro e da medula espinhal. A função do sistema nervoso periférico é transmitir informações entre o SNC e o resto do corpo. O SNP é subdividido pelo sistema nervoso somático e o sistema nervoso autônomo.

Nervos no sistema nervoso somático controlam o movimento voluntário e a atividade, transmitindo informações entre o sistema nervoso central e os músculos esqueléticos e órgãos sensoriais externos.

Nervos do sistema nervoso autônomo regulam o movimento involuntário, a transmissão de informações entre o sistema nervoso central e os músculos lisos dos órgãos internos do corpo e do músculo cardíaco.

Cérebro

O cérebro é o centro de controle do sistema nervoso. Isso nos permite pensar, sentir e se mover. O cérebro recebe constantemente informações e envia instruções para o corpo através da medula espinhal e a vasta rede de nervos do corpo.

Algumas das funções do sistema nervoso – respiração, temperatura corporal e freqüência cardíaca, por exemplo – são involuntárias, ou seja, elas não estão sob nosso controle consciente, outras, como o movimento, expressão e pensamento, são voluntárias, ou seja, eles estão sob nosso controle.

Existem 12 pares de nervos cranianos que se ramificam para fora do cérebro. Estes nervos transmitem impulsos dos órgãos sensoriais, tais como os olhos e ouvidos. Trinta e um pares de nervos espinhais ramificam da medula espinhal, que sai entre cada nível das vértebras. Estes nervos transmitem impulsos para o resto do corpo.

O cérebro controla as funções mais sofisticadas, tais como pensamento, imaginação, memória, emoção, linguagem e percepção sensorial. O cérebro humano é muito grande. Ele tem duas metades, ou hemisférios. A banda de tecido nervoso, chamada corpo caloso, conecta as duas metades, que lhes permitem trocar informações. Cada hemisfério é coberto por uma camada de tecido cinzento, chamado córtex cerebral, que é responsável pelas funções superiores do cérebro, incluindo o pensamento consciente. O córtex é composto de sulcos (dobras) e giros (protuberâncias), que em conjunto proporcionam uma grande área de superfície no espaço limitado dentro do crânio.

O córtex de cada hemisfério tem quatro lóbulos. O lobo occipital controla a visão. O lobo temporal controla o som e da fala. O lobo parietal controla o movimento, toque e reconhecimento. O lobo frontal controla o pensamento e o planejamento.

O tronco cerebral e hipotálamo controlam os processos automatizados, tais como a respiração e os batimentos cardíacos.

O cerebelo atua como um “mini-cérebro”, que coordena o equilíbrio do corpo, da postura e movimento.

O tecido cerebral é macio e delicado, e requer proteção. Em adição à proteção proporcionada pelo crânio, o cérebro é cercado por: membranas de tecido conjuntivo, ou meninges: a dura mater, a aracnóide e a pia-máter. Sob a aracnóide há um amplo espaço preenchido com fluido cerebrospinal. Este fluido forma uma almofada de líquido que reduz o peso do cérebro e a protege contra choques e pancadas. Ele também ajuda o cérebro a receber alimentação.

Medula Espinhal

A medula espinhal se estende a partir da zona da base do cérebro entre o fundo da primeira vértebra lombar, e a parte superior da segunda vértebra lombar. É delimitada e protegida pela coluna vertebral óssea, e a sua função principal é a transmissão de impulsos nervosos entre o sistema nervoso periférico e o cérebro.

Como o cérebro, a medula espinhal é coberta por uma membrana protetora chamada dura-máter, que forma uma bolsa estanque em torno da medula espinal e nervos. Dentro deste saco há o fluido chamado liquor que envolve a medula espinal.

Os nervos em cada área da medula espinhal estão ligados a partes específicas do corpo. Aqueles na espinha cervical, por exemplo, estendem-se à parte superior do peito e braços, aqueles na coluna lombar, as ancas, nas nádegas e nas pernas. Os nervos carregam também sinais elétricos de volta para o cérebro, criando sensações. Danos aos nervos, raízes nervosas ou da medula espinhal pode resultar em sintomas como dor, formigamento, dormência e fraqueza, dentro e ao redor da área danificada e nas extremidades.

A medula espinhal termina divergindo em nervos individuais que viajam para a porção inferior do tronco e membros. Por causa de sua aparência, este grupo de nervos é chamada de cauda equina – o nome latino de “crina de cavalo”. Os grupos nervosos viajam através do canal vertebral por uma curta distância antes de sair do forame neural.

Neurônios

Neurônios são os “blocos de construção” do sistema nervoso. Eles são longos e finos, as células que transmitem impulsos elétricos, e têm muitas terminações ramificadas, chamadas dendritos, que recebem impulsos de outros neurônios. Um axônio ou fibra nervosa, transmite impulsos nervosos para outros neurônios ou músculos. Os neurônios não se tocam, mas estão separados por uma pequena distância chamada sinapse. Quando chega um impulso, no final de um axônio, libera produtos químicos que geram um impulso nos dendritos do neurônio vizinho.

Existem três tipos de neurônios: sensoriais, motoras e de associação.

  • Neurônios sensoriais transmitem impulsos nervosos de órgãos dos sentidos (olhos, ouvidos, nariz, língua e tato) para o cérebro. Eles também carregam impulsos nervosos para o cérebro e medula espinhal.
  • Os neurônios motores transmitem impulsos nervosos a partir do cérebro e da medula espinhal a uma área específica do corpo. Um impulso nervoso de um músculo, por exemplo, pode fazer com que ele se contraia.
  • Neurônios de associação constituem 90% de todos os neurônios e são encontrados apenas no cérebro e na medula espinhal.

Nervos são constituídos por feixes de ambos os neurônios sensoriais e motores.

Anatomia


Warning: Use of undefined constant title - assumed 'title' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/81/c1/cristianomenezes1/public_html/wp-content/themes/cristiano2016/single.php on line 89

Warning: Use of undefined constant ASC - assumed 'ASC' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/81/c1/cristianomenezes1/public_html/wp-content/themes/cristiano2016/single.php on line 90

Assinar
Newsletter