Artrite

Frequentemente o resultado de alterações degenerativas da coluna vertebral, a osteoartrite é a forma mais comum de artrite, e pode causar dor e rigidez desde o pescoço até a parte inferior das costas.

O que é osteoartrite da coluna vertebral?

Artrite ocorre quando a cartilagem das articulações degenera, como resultado de desgaste, envelhecimento, lesão ou uso indevido.

A osteoartrite é a forma mais comum de artrite, e ocorre mais freqüentemente em articulações que suportam peso. A coluna vertebral é composta por ossos (vértebras) e discos (almofadas cartilaginosas localizadas entre cada vértebra) que amortecem a coluna e permitem que ela se mova. Os ligamentos e os músculos estão ligados principalmente à parte de trás da coluna vertebral, e ajudam na realização dos movimentos das articulações da coluna.

Osteoartrite da coluna vertebral afeta as articulações vertebrais, que permitem que o corpo dobre e torça. À medida que as articulações se deterioram, a cartilagem pode se tornar inflamada e, finalmente, começar a romper suas superfícies articulares. As vértebras começam então a se chocar, fazendo com que os nervos e os tecidos circundantes possam se tornar inflamados, tornando o movimento doloroso. A Osteoartrite também pode provocar a formação de osteófitos (esporões ósseos/ “bicos de papagaio”), através dos quais a coluna vertebral reduz o espaço do disco para limitar o movimento no segmento afetado.

A osteoartrite pode causar rigidez e dor no pescoço ou na parte inferior das costas. A espondilose cervical afeta a parte superior da coluna e pescoço. Artrite lombar ou lombossacral afeta a parte inferior das costas e região pélvica.

Espondilite anquilosante (EA) é um tipo de artrite que faz com que as articulações sacroilíacas e as articulações da coluna lombar possam se tornar inflamadas. Freqüentemente também afeta os quadris e outras articulações periféricas. A EA geralmente se desenvolve entre a adolescência e os 40 anos. Ao longo do tempo a inflamação crônica da coluna vertebral pode resultar na fusão das vértebras, um processo referido como anquilose, que por sua vez pode afetar a mobilidade da coluna vertebral.

Quais são os sintomas da osteoartrite da coluna vertebral?

Em geral, os sintomas de artrite são inchaço, dor e rigidez das articulações que são afetadas, demonstrando o processo inflamatório. Os sintomas de osteoartrite na coluna vertebral também podem incluir:

  • Dor, sensibilidade ou dormência no pescoço
  • Dor lombar que se estende até as nádegas, coxas ou pernas
  • Dor ou sensibilidade nos ombros, quadris, joelhos e calcanhares
  • A sensação de “trituração”, ou o som de osso contra osso
  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou nos braços
  • Amplitude limitada de movimento, dificuldade de flexão do tronco ou permanência de pé
  • Deformidade da coluna vertebral

Como a osteoartrite espinhal é diagnosticada?

Para determinar se você tem osteoartrite da coluna vertebral, o médico irá examinar a sua coluna e seu histórico médico, podendo pedir um raio-x, cintilografia óssea, mielograma, tomografia computadorizada (TC) e / ou ressonância magnética (RNM) para descartar outra doença como a causa dos seus sintomas.

Como a osteoartrite espinhal é tratada?

Não há cura para a artrite, mas se o seu médico determinar que você tem a doença, há uma variedade de opções de tratamento que podem ajudar a controlar os seus sintomas para que você possa continuar a fazer as coisas que gosta.

Tratamentos não-cirúrgicos que seu médico pode recomendar incluem medicação, fisioterapia, exercício, terapia de calor / frio e descanso.

Se o tratamento conservador não fornecer alívio duradouro, ou se a osteoartrite está contribuindo para a instabilidade da coluna vertebral ou mesmo estiver afetando os nervos espinhais, o médico pode recomendar a cirurgia da coluna. Terapias cirúrgicas para o tratamento da osteoartrite incluem:

  • Laminectomia – Um procedimento no qual a lâmina da vértebra afetada (a porção do arco vertebral que forma o “telhado” do canal espinhal) é removida ou cortada para alargar o canal espinal e criar mais espaço para os nervos da coluna vertebral.
  • Fusão espinhal – A técnica cirúrgica na qual uma ou mais das vértebras da coluna vertebral são unidas (fundidas) para impedi-las de se mover umas contra as outras. Isto é feito através da colocação de enxertos ósseos ou substitutos de enxertos ósseos entre o osso vertebral afetado. O enxerto funciona como um meio de ligação e também ajuda a manter a altura normal do disco, bem como estabilizar a coluna.

A decisão de tratar a osteoartrite da coluna vertebral cirurgicamente exige uma análise cuidadosa entre você e seu médico. Fatores a serem considerados incluem a sua condição específica e saúde física geral. Discuta sua condição cuidadosamente com seu médico e confie em seu próprio julgamento sobre qual opção de tratamento é a mais adequada.

Diagnósticos


Warning: Use of undefined constant title - assumed 'title' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/81/c1/cristianomenezes1/public_html/wp-content/themes/cristiano2016/single.php on line 89

Warning: Use of undefined constant ASC - assumed 'ASC' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/81/c1/cristianomenezes1/public_html/wp-content/themes/cristiano2016/single.php on line 90

Assinar
Newsletter